19/7/2016

Publicado em 19 de julho de 2016

DIÁRIO CATARINENSE

DC 19-7

DC 19-7 2

RAUL SARTORI

Condenação
Humilhante isso. A 5a Câmara Civil do TJ-SC condenou instituição financeira a pagar R$ 5 mil de danos morais a uma cliente barrada na porta giratória da agência, onde foi obrigada pelo segurança a retirar sua prótese dentária para ingressar no banco.

SITE TJ/SC

Presidente do TJ recebe secretário de Segurança Pública e comandante-geral da PM
O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Torres Marques, recebeu em gabinete nesta manhã (18/7), em audiência especialmente convocada para tratar sobre aspectos ligados ao relacionamento institucional, o secretário de Segurança Pública do Estado, César Grubba; o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), coronel Paulo Roberto Hemm; e o subcomandante-geral da PMSC, coronel João Henrique Silva.
Na oportunidade, foi discutida a necessidade de manutenção do alto nível que sempre marcou e norteou as relações entre os respectivos órgãos. O presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), juiz de 2º grau Odson Cardoso Filho, também se integrou ao encontro e destacou a importância da compreensão mútua das funções de cada instituição, além da salutar prática do diálogo permanente como forma de superar dificuldades pontuais, em busca da manutenção do Estado Democrático de Direito.

SITE OAB/SC

Especialista dá dicas de como usar a web na advocacia
O novo Código de Ética e Disciplina da OAB entra em vigor em setembro e tem deixado apreensivos os advogados que desejam aproveitar a tecnologia e fazer uso de novas mídias para divulgação do trabalho. Para apresentar as boas práticas aos profissionais da advocacia, a Comissão do Jovem Advogado promoveu a palestra Comunicação na Web, com o especialista em Marketing Digital, Victor Hugo Nogueira de Castro, na quinta (14), na Seccional.
Castro orientou sobre como montar uma estratégia de presença sólida na web, sem ferir o rígido código de ética da instituição. Segundo Castro, o ideal é possuir um site. Ele sugeriu também plataformas para a construção do site e falou sobre conceitos básicos para atuação nas redes sociais.
“O advogado deve construir um ativo de sua propriedade na web, em vez de publicar conteúdo em plataformas de terceiros como o Facebook, que deve ser utilizado como um canal de atração de usuários”, disse. Uma das dicas foi a criação de página no Facebook (além do perfil pessoal), e a recomendação para se comunicar de forma discreta com visitantes e clientes (utilizando, por exemplo, canais privados).
A presidente da Comissão, Clarissa Medeiros Cardoso, disse que o principal objetivo da palestra foi cumprido. “Nossa intenção era fazer com que os profissionais tivessem compreensão da importância de saber se comunicar nas redes em função das novas tecnologias e, mais do que isso, terem conhecimento de que o novo Código permite muitas possibilidades”. Clarissa observou que a interação que se pede nos dias de hoje é outra, “a forma de dialogar mudou e por isso entendemos a importância do advogado saber utilizar esses meios de comunicação”.

Confira as principais dicas:
1- Defina o público que deseja interagir;
2- Produza conteúdo útil para este público;
3- Evite relatar casos (e vitórias) de clientes de forma ostensiva;
4- Tenha um site atualizado, com visualização para dispositivos mobile, e com as principais informações de contato à vista para ser localizado por meio das ferramentas de busca;
5- Utilize canais de contato com seus visitantes e clientes de forma privada, evitando exposição;
6- Prefira página à perfil no Facebook.