18 e 19/3/2017

Publicado em 20 de março de 2017

DIÁRIO CATARINENSE

DC183

DC183A

MOACIR PEREIRA

D183B

 VISOR

DC18C

 DC18D

COLUNA PELO ESTADO

“Vamos recuperar cada centavo”
Resultado de 18 meses de investigação, a Operação F7, deflagrada pela Secretaria de Estado da Fazenda, Receita Federal e Polícia Civil na última quinta-feira (16), desarticulou organização criminosa que atuava em Santa Catarina, no Paraná e em São Paulo. A força-tarefa cumpriu oito mandados de prisão e outros 18 mandados de busca e apreensão. Há dois suspeitos foragidos. Os nomes estão sob sigilo de Justiça. A sonegação fiscal era viabilizada pelo uso de um software, que garantira a venda sem notas fiscais ou com valor menor ao da transação. Os primeiros cálculos, realizados a partir da comparação entre receita bruta e movimentação financeira dos usuários do sistema, é de que a sonegação alcançou a marca de R$ 1 bilhão entre impostos estaduais e federais. Gerente de Fiscalização da Fazenda, Rogerio de Mello Macedo da Silva explica que é necessário aguardar o resultado da análise do material apreendido para iniciar novas auditorias, uma vez que há outras empresas que usam o programa e podem ter acessado o atalho para cometer a fraude. “Vamos buscar e recuperar cada centavo que foi sonegado à sociedade”, disse o gerente em coletiva realizada na sede da DEIC, ontem, em Florianópolis, para falar sobre os desdobramentos da Operação F7.