13/10/2014

Publicado em 13 de outubro de 2014

DIÁRIO CATARINENSE

Marina declara apoio a Aécio
Uma semana depois da derrota no primeiro turno, candidata que pregava uma nova política e o fim da polarização entre PT e PSDB afirmou que votará no tucano. Decisão de Marina causa revolta no PSB e crise com dirigentes da Rede
Alvo de ataques da campanha petista no primeiro turno, Marina Silva (PSB) anunciou ontem apoio à candidatura de Aécio Neves (PSDB) na disputa contra Dilma Rousseff (PT). A ex-senadora ficou em terceiro lugar e obteve 22 milhões de votos (21,32% dos válidos).
Ao longo da campanha, Marina defendeu a “nova política” e o fim da polarização entre PT e PSDB. Ontem, ao declarar o voto, negou que estivesse rasgando seu discurso. Ao lado de Beto Albuquerque, que foi vice na chapa, afirmou que a decisão é “inteiramente coerente com a renovação da política”.
– O que estamos fazendo é inaugurar, sim, a nova política. Todos estavam imaginando que seria apenas o apoio, como sempre é feito. Mas foi feito em base de um programa – disse Marina, em entrevista após o anúncio, em São Paulo.
E completou:
– Em eleição em dois turnos, você toma decisão em relação àquilo que acha que é o melhor para o Brasil.
Segundo a ex-senadora, a posição foi decidida após Aécio assinar, no sábado uma carta se comprometendo com uma série de pontos considerados vitais para a coligação em torno de sua candidatura.
– Entendo esse documento como uma carta-compromisso com os brasileiros – ressaltou.
Presidente do PSB abre voto em Dilma
Entre os pontos acordados, está o comprometimento com a reforma agrária, a educação em tempo integral e o fim da reeleição. Também fazem parte o combate ao desmatamento e a manutenção da prerrogativa do Executivo na demarcação de terras indígenas. Mas o tucano não abandonou seu projeto de redução da maioridade penal.
Após participar de missa em homenagem à padroeira do Brasil, no Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida (SP), Aécio agradeceu ao apoio de Marina ressaltando que a decisão torna sua candidatura legítima representante da mudança:
– A partir de agora somos um só corpo, um só projeto em favor do Brasil e em favor dos brasileiros.
Mas o apoio declarado por Marina a Aécio não é unânime dentro do PSB. No mesmo fim de semana em que ela anunciou apoio à candidatura tucana, o presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, declarou voto em Dilma, que ontem tentou minimizar a decisão de Marina.
Amaral afirmou que seu partido traiu a luta de Eduardo Campos e ignorou lições de seus fundadores ao apoiar formalmente a candidatura tucana. Em artigo publicado em seu blog pessoal, Amaral criticou a decisão do PSB, classificando-a de “suicídio político-ideológico” e uma opção pelo “polo mais atrasado”. “O apoio à reeleição de Dilma é, neste momento, a única alternativa para a esquerda socialista e democrática”, completou. Vice na chapa do PSB, Beto Albuquerque criticou:
– A rebeldia de Amaral não mudará a nossa decisão.
Na Rede, grupo de Marina, também houve crise. Dirigentes ameaçam deixar as funções.

INFORME ECONÔMICO

SC rumo à liderança portuária do país
A Baía da Babitonga, no Norte do Estado, que já abriga dois portos, os de São Francisco e Itapoá, conta com três projetos e espaço para mais terminais. O prefeito de Joinville, Udo Döhler, afirma que a baía pode abrigar seis portos a médio prazo e se tornar o principal entroncamento portuário do país. Somados aos outros portos catarinenses, o Estado vai liderar a logística marítima do Brasil em três ou quatro anos, prevê Döhler. O presidente do Porto de Itapoá, Patrício Junior, mais cauteloso, estima que SC vai liderar a atividade no Sul do país nos próximos anos e defende mais investimentos em infraestrutura. Diz que é fundamental aprofundar o canal de entrada da Baía da Babitonga. O terminal de Itapoá está ampliando a capacidade de 500 mil contêineres para 2 milhões/ano. Mês passado, o governo federal aprovou a construção do porto graneleiro TGSC em São Francisco. O projeto da Logz, Litoral e Hopeful é de R$ 600 milhões. O empresário Alexandre Fernandes está licenciando o Terminal Graneleiro Babitonga, e a cooperativa Coamo, do Paraná, comprou o Hotel Baiti, de Itapoá, para construir um porto graneleiro.

CONSULTOR JURÍDICO

OAB fecha parceria com STM para transcrição de sessões secretas de julgamento
O Superior Tribunal Militar e o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil firmaram uma parceria para o desenvolvimento do projeto “Vozes da Defesa”. O termo de cooperação pretende promover ações conjuntas entre as instituições com o intuito de levar ao público e à sociedade as transcrições dos arquivos das vozes dos advogados nas sessões secretas sob a égide da então Lei de Segurança Nacional.
A ministra-presidente do STM, Maria Elizabeth Rocha, e o presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinícius Furtado Coêlho, acertaram os termos da cooperação nesta quinta-feira (9/10). O acordo entre as duas instituições será assinado no STM no próximo dia 17, sexta-feira — a solenidade de assinatura do documento está marcada para as 17h30.
Entre as vozes gravadas estão as de importantes e históricos advogados brasileiros como Sobral Pinto, Heleno Cláudio Fragoso e Técio Lins e Silva. Outro objetivo é fomentar o intercâmbio entre os museus dos dois órgãos.