PGE/SC participa de reunião inaugural do Comitê de Integridade e Compliance de SC

Projeto quer combater a corrupção e promover a transparência no serviço público

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE/SC) participou da primeira reunião do Comitê de Integridade e Compliance do Governo de Santa Catarina. O programa é conduzido pela Secretaria de Integridade e Governança (SIG) e foi criado para combater e prevenir a corrupção no serviço público, além de promover a integridade e a transparência. Os procuradores do Estado Marcelo Mendes, procurador-geral adjunto para Assuntos Administrativos, e Gian Marco Nercolini, corregedor-geral da PGE/SC, participaram do encontro que ocorreu nesta quarta-feira (3) no Centro Administrativo e contou ainda com a presença de membros da Controladoria-Geral do Estado (CGE). 

Reunião contou com a presença de membros da PGE, CGE e SIG – Foto: Maurício Vieira/Secom

O grupo tratou dos objetivos e do calendário do comitê, que terá suas atividades intensificadas a partir de agora. Os meses anteriores foram dedicados ao planejamento das ações. Para o procurador-geral adjunto para Assuntos Administrativos da PGE/SC, a iniciativa conta com o apoio do órgão por estar alinhado com pilares como a garantia de prestação do melhor e mais seguro atendimento dos interesses dos catarinenses, balizador das ações da instituição.

– É fundamental que fomentemos a integridade e a erradicação da corrupção em todos os níveis da administração pública e demos o exemplo para toda a sociedade. Além disso, a adoção de medidas como a busca constante pela eficiência na gestão já estão incorporadas à mentalidade da PGE/SC e contribuem para o mapeamento de vulnerabilidades e a execução de medidas de mitigação, prevenção e eliminação de riscos na administração pública – diz Mendes.

No comitê serão estudados métodos para diminuir os riscos de integridade que podem surgir no monitoramento de estratégias e decisões do Estado. Para a secretária executiva da SIG, Naiara Augusto, a ideia é que o grupo seja um apoiador no aspecto de proteção das políticas públicas, e “que os gestores e servidores públicos trabalhem para servir bem o cidadão catarinense com eficácia, fazendo a coisa certa do jeito certo”, afirma.

O Programa está previsto na Lei n.17.715/2019 e integra mais de 52 órgãos e entidades da administração pública de Santa Catarina.

______

Informações adicionais para a imprensa:

Felipe Reis

Assessoria de Comunicação

Procuradoria-Geral do Estado

comunicacao@website-pge.apps.okd4.ciasc.sc.gov.br

(48) 3664-7650 / 3664-7834 / 98843-2430