Em reunião, PGE/SC apoia projeto para recuperação da economia do Estado pós-pandemia

Atualizado em:

Encontro na sede da Fiesc teve a presença de diversos órgãos da Administração Pública e reforçou o interesse do Governo em superar entraves e burocracia

O procurador-geral adjunto para Assuntos Jurídicos da Procuradoria-Geral do Estado, Sérgio Laguna Pereira, participou nesta quarta-feira (17) de uma reunião com empresários catarinenses para tratar da recuperação da economia catarinense após a pandemia causada pelo novo coronavírus. No encontro, do qual participaram o secretário-adjunto da Casa Civil, Juliano Chiodelli (que representou o governador de SC Carlos Moisés da Silva), os secretários da Fazenda Paulo Eli, da Infraestrutura e Mobilidade Thiago Vieira, de Desenvolvimento Econômico Luciano Buligon, da Agricultura e Pesca Altair Silva, de Assuntos Internacionais Daniella Abreu e do presidente do Instituto do Meio Ambiente Daniel Vinícius Netto, o procurador reforçou o compromisso da PGE/SC com a garantia de condições para que o Estado supere os impactos gerados pela crise sanitária na economia.

– Como órgão jurídico do Estado, nossa missão é ajudar a encontrar os caminhos para que a retomada econômica ocorra com segurança jurídica e beneficie todos os catarinenses. Somos parceiros e abertos ao diálogo para vencer a burocracia – afirmou.

Procurador-geral adjunto para Assuntos Jurídicos Sérgio Laguna Pereira (C) acompanha reunião sobre a retomada da economia na Fiesc – Foto: Ricardo Wolff/Secom

A reunião foi conduzida pelo presidente da Fiesc, Mário Cezar de Aguiar, e pelos diretores de Inovação e competitividade José Eduardo Fiates e de Educação Fabrizio Machado Pereira. Na pauta estava o Programa Travessia, iniciativa  lançada em maio de 2020 e que busca a reinvenção e a recuperação da indústria e da economia pós-pandemia. A ação é da Fiesc, mas conta com a parceria do governo de SC e de entidades do setor produtivo.

Para o setor industrial, melhorias na infraestrutura são fundamentais para garantir a competitividade da indústria catarinense – que é diversificada e responde por 34% dos empregos formais de SC. 

O secretário-adjunto da Casa Civil, representando o governador do Estado, destacou que o Executivo tem feito um trabalho alinhado com o que foi apresentado na reunião. “Estamos em sintonia. O governo de Santa Catarina, nestes dois primeiros anos, fez um trabalho interno de gestão para tornar o estado mais eficiente. Diariamente temos discutido planos e ações para os próximos anos. Então, acredito que temos uma harmonia muito grande nas pautas e o que foi apresentado aqui pode ser encaixado nas ações que o governo vem realizando”, afirmou.

______

Informações adicionais para a imprensa:

Felipe Reis

Assessoria de Comunicação

Procuradoria-Geral do Estado

comunicacao@pge.sc.gov.br

(48) 3664-7650 / 3664-7834 / 98843-2430