Justiça determina desocupação de quartéis

Publicado em 28 de dezembro de 2008

A Justiça estadual determinou a imediata desocupação dos quartéis por parte da Associação dos Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc).

Na liminar solicitada pela Procuradoria Geral do Estado e concedida na tarde deste sábado (27/12) foi proibida qualquer ação que pudesse causar "encabulamento" no acesso de prédios públicos que estão a serviço da Polícia Militar. Em caso de descumprimento da decisão, foi fixada uma multa de R$ 50 mil por dia.

A Justiça também decidiu pela retirada do ar do site da Associação dos Praças de Santa Catarina (Aprasc). A referida página da Web estaria sendo usada para ‘fins ilícitos’, como incitação à greve de militares.